8 problemas mais comuns em um casamento

'Um casamento forte requer duas pessoas que se amam, mesmo quando lutam para gostar uma da outra.'

A estação do casamento está no ar. Uma pilha de cartões de convite aguarda na minha mesa. Eu entro no Facebook e casais felizes sorriem para mim de vídeos pré-casamento de sonho. Eu me pergunto: eles sempre permanecem tão felizes? Uma espiada na vida dos meus pais e tudo fica claro. Isso é verdade; todo novo casal do presente é um casal velho e briguento do futuro.

Não é preciso ser um gênio para observar que o charme e o bom espírito dos noivos nem sempre permanecem. Em algum momento, o romance juvenil desaparece (embora nunca tenha sido apagado). O relacionamento conjugal atinge sua fase de maturidade. E antes que os casais percebam, a vida se torna um ciclo interminável de corrida para o trabalho, lutando para fazer o jantar, desejando dormir e trocando fraldas para bebês. Amor mushy e encontros românticos ficam no banco de trás.



E é aí que os problemas se infiltram no casamento, um por um.

O que causa um casamento desgastado?

Então, por que duas pessoas que juraram morrer uma após a outra após o casamento juram se matar (não literalmente, é claro)?

  1. Monotonia faz uma visita: Ninguém é poupado da natureza mundana da vida em um ponto. Nem mesmo o casal mais romântico da década. Os casais devem aceitar que casamentos reais não são como contos de fadas
  2. Casais abandonam o esforço: Depois que a fase do namoro termina, os cônjuges costumam relaxar seus esforços para cortejar e agradar um ao outro. Eles começam a tomar um ao outro como garantido

    Fonte da imagem

  3. Não consegue lidar com as personalidades em mudança: Seja um casamento arranjado ou um casamento amoroso, sempre há algo mais para se conhecer. Com o tempo, as pessoas mudam. E os casais têm dificuldade em lidar com as mudanças no cônjuge
  4. Problemas familiares: Um casamento é uma união não apenas de duas pessoas, mas também de duas famílias. Às vezes, fica difícil atender às necessidades, expectativas e demandas de ambas as famílias. Os cônjuges se acusam de não amar e respeitar sua família
  5. Estresse no trabalho: Uma economia estável é a espinha dorsal de um casamento estável. Quando os dois parceiros estão trabalhando, resta muito pouco tempo para gastar um com o outro. Isso leva à frustração e desilusão
  6. Prioridades e responsabilidades: Depois que os casais se casam, a vida não é mais um com o outro. Eles precisam cuidar da família um do outro, nutrir seus filhos e trabalhar por um futuro melhor. Em meio a tudo isso, fugir para o mundo dos amores é um luxo que a maioria dos casais não pode pagar

Agora que vimos por que os casais enfrentam problemas após o casamento, vejamos os oito problemas mais comuns que todo casal enfrenta.

Leitura relacionada: 9 coisas simples que podem divorciar seu casamento

8 problemas mais comuns em um casamento

Assim como em todo relacionamento, o casamento traz alguns desafios para um casal. Depois que a fase da lua de mel termina, um casal volta a algo chamado de 'vida normal', e é exatamente aí que as expectativas de alguém são realizadas. É preciso algum esforço realmente bom para fazer o casamento funcionar e durar, e ter um alerta sobre os problemas comuns que podem surgir pode prepará-lo para reduzir o problema pela raiz.

1. Casos extraconjugais

Ameaçar abalar o próprio fundamento do casamento é a entrada de uma 'terceira pessoa' na zona de intimidade. O tédio é a principal razão da infidelidade. É natural ficar entediado um com o outro quando não há mais um elemento novo ou surpreendente em um casamento. Lembre-se do provérbio hindi - Ghar ki murgi dal barabar? Assim, uma vez que o próprio marido / mulher começa a parecer muito brando, os cônjuges geralmente procuram tempero em outro homem / mulher.

Fonte da imagem

Leitura relacionada: Efeito de um caso extraconjugal no parceiro

2. Falta de comunicação

No coração de qualquer relacionamento está a comunicação eficaz. Com horários de trabalho agitados, tarefas domésticas e cuidar de crianças, há uma comunicação escassa entre os casais. Não há conversação ou escuta 'real'. Sem conversas profundas, sem compartilhar pequenas alegrias e tristezas. Na verdade, é muito bobo por parte dos cônjuges, pois todo mundo sabe que não há problema que uma xícara de chá forte e uma boa conversa não possam resolver.

3. Falha em apreciar o cônjuge

Quando você passa de cinco a dez anos sólidos em um relacionamento, as palavras tendem a parecer superficiais demais para expressar seu amor. Mas os casais esquecem que algumas palavras de apreço sempre têm um poder tremendo para trazer uma mudança. Faça uma pausa e pense em quanto esforço será necessário para dizer à sua esposa: “Ei, obrigada por ficar acordada até tarde comigo. Eu aprecio a empresa. E quando ele veste a camisa que você deu a ele - 'Você sempre fica com a melhor aparência nesta camisa'. Com algumas palavras, você pode realmente fazer o dia do seu cônjuge.

4. quartos mortos

A chave para um relacionamento conjugal saudável está debaixo dos cobertores. A diminuição da libido ou desapego emocional leva a uma vida sexual insatisfatória. Os parceiros tendem a buscar gratificação sexual de alguém de fora, levando a adultério, trapaça e casos extraconjugais.

Leitura relacionada: 7 coisas que ninguém fala sobre sexo casado

5. Ambições bifurcadas

Pergunte a qualquer casal por que eles se apaixonaram e você receberá a resposta: 'Oh, nós somos tão parecidos!' Na maioria dos casos, antes do casamento, o casal tem os mesmos objetivos, sonhos e ambições. Às vezes, essa unidade de ambição se rompe. Marido e mulher andam por caminhos diferentes, querendo coisas diferentes da vida. Lidar com essa mudança de ambição é uma pílula difícil de engolir.

6. Dinheiro e finanças

Os casais podem não admitir isso abertamente, mas o dinheiro sempre surge como um problema. Tanto o marido quanto a esposa afirmam lidar com suas finanças de acordo com seus próprios desejos. Quase sempre, há um empréstimo a ser pago, um investimento a ser domínio, a luxúria materialista a ser satisfeita. E os casais costumam discutir quem deve controlar o saldo bancário.

7. Jogando mãe e pai

O casamento toma uma nova direção após o nascimento do primeiro filho. Marido e mulher se transformam em pai e mãe. E esse é um novo nível de responsabilidade. Os papéis tradicionais de gênero ditavam que a mãe é a única educadora de um filho. O pai toma importantes decisões de vida para a criança. Mas hoje em dia as mães exigem igualdade na criação e na tomada de decisões. Isso muitas vezes leva a tensão contínua nos casamentos.

8. Tarefas domésticas

Todo mundo não pode pagar uma empregada doméstica. A maioria das brigas entre casais, portanto, gira em torno da pergunta - quem será a empregada doméstica? Após um dia cansativo no trabalho, ambos os cônjuges relutam em cozinhar e limpar a casa. As coisas pioram quando se espera que a esposa cuide da comida e o marido se recuse a ajudar.

Leitura relacionada: O que fazer quando seu marido não ajuda nas tarefas domésticas

Bem, nenhum casamento é perfeito. A frase 'felizes para sempre' acaba sendo assim quando ambos os cônjuges deixam de lado suas diferenças e trabalham harmoniosamente para alcançar essa felicidade. Os problemas vêm e vão. O que importa é como você aborda esses problemas conjugais e se livra deles por meio de um sólido trabalho em equipe.

Lembre-se sempre, no final, é a pessoa que é importante. Não é o problema.

Melhores amigas da vida é casamento

Minha ideia de relacionamentos 'iguais'